quarta-feira, 1 de julho de 2015

A Filha do Demônio Egípcio

ROMANCE SOBRENATURAL


Professora Nefertari Smith, filha de Satan, pode ter apenas conhecido seu jogo. E, evidentemente, ela é um stalker. 

Embora ela se esforçasse para esconder sua condição de "imortal", não impediu do belo pesquisador Jasper Grayson de encontrar seu caminho para sua porta. 
Se o Senhor Alto, escuro, e belo tiver conhecimento de sua herança demônio, ele pode expor sua família do segredo que não poderão pagar.
Jasper não está à procura de um tema de teste. 

Ele está procurando por uma parceira de vida que pode durar mais algumas décadas, uma qualidade essencial para um companheiro vampiro. Perfil genético de Tari que pode excitá-lo em formas mais do que uma.
Ele só precisa de outra amostra de seu DNA para ter certeza que ela é o que ele procura. E sabe de uma maneira muito agradável para obtê-lo. 
Um beijo, e de repente a névoa da luxúria torna difícil lembrar a advertência sobre vampiros e outros imortais. Mas logo as consequências da sua união são muito claras. A imortalidade de Tari se esvai, junto com sua vida. A única maneira de salvá-la é falar com pai a verdade...E rezar ao Quinto Satan para estar de bom humor.


domingo, 28 de junho de 2015

Temporada de Paixão

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Temporada de Escândalos




















Capítulo Um

Connor Stone ergueu os olhos da bebida e viu a mulher que logo levaria para a cama.
Soube que seria assim logo que a viu sentada numa das mesas do Riffs, o bar de jazz onde tomava uma bebida na noite de quinta-feira. O fato de que estava lá num encontro não o preocupou muito. Tinha acompanhado o colega Tim, que o convidara.
Connor observava a linda loura desde que ela chegara dez minutos antes. Pela forma como o acompanhante dela se comportava, provavelmente estavam em um péssimo encontro às cegas. O cara ficava o tempo todo olhando as horas e mexendo na gravata.
Connor não podia entender por que um homem iria querer se livrar de uma mulher como aquela. O rosto era de uma beleza extravagante impossível de ignorar. Seus movimentos eram cheios de graça e sensualidade, como se seguisse o ritmo do quarteto que tocava jazz no pequeno palco.
Podia vê-la bem através da multidão que se movia e constatou que seu corpo tinha sido feito para o pecado. Infelizmente, todas aquelas curvas luxuriosas eram escondidas por um modesto vestido azul-marinho. Por que uma mulher com um corpo como aquele escolheria ficar atrás de uma armadura protetora feita para esconder seus atributos mais atraentes?
Connor se perguntava se devia esperar até que o cara que estava com ela partisse antes de abordá-la quando Tim lhe deu uma cotovelada.
— Se está pensando em ir atrás dela, vou avisando, vai quebrar a cara.
Alguma coisa no tom de Tim o irritou. Tim era um colega de trabalho e, francamente, Connor sempre acreditara que se dava bem mais por causa de conexões familiares do que por trabalho duro.
— Não me diga que a conhece.
Tim sorriu; convencido, então se debruçou para mais perto para ser ouvido acima da música.
— Brittney Hannon. Filha do senador Jonathon P. Hannon. A revista New York Personality da semana passada fez uma enorme entrevista com ela. Chamou-a de “A última boa moça da América”.
Connor observou seu alvo. Ela realmente tinha certo ar puritano. Usava o cabelo louro longo e liso. Se Marcia Brady fosse da escola dominical diretamente para o bar, era exatamente assim que se pareceria.
Sempre sentira uma coisa por Marcia Brady.
— Acha que boas moças não podem ser tentadas?


Série Temporada de Escândalos
1- Temporada de Sedução
2- Temporada de Luxúria
3- Temporada de Desejo
4- Temporada de Prazer
5- Temporada de Amor
6- Temporada de Paixão
Série Concluída

Temporada de Amor

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Temporada de Escândalos




















Capítulo Um

Presente
Haras Seven Oaks — Bridgehampton, NY

Vanessa Hughes tinha sido queimada. E não pelo sol forte de verão enquanto ficava em pé na lateral do campo observando o jogo de polo em ação. A terra vibrava sob seus saltos altos enquanto as patas poderosas dos cavalos que corriam batiam com força.
O calendário não mentia. Estava atrasada. Apavorantemente atrasada. Talvez não fosse atraso e sim gravidez. O estômago apertou de náusea. Obrigava-se a comer. Tinha de manter seu nível de açúcar no sangue regular por causa da diabetes, mas seu medo a fazia vomitar. Apertou a mão no alto do chapéu de abas largas e olhou através dos óculos escuros para um jogador em particular, todo de preto, cavalgando seu alazão favorito.
A corte de dois meses pelo intenso e apaixonado Nicolas Valera tinha sido mágica, tranquilizante e excitante, tudo ao mesmo tempo. Embora não tivessem dormido juntos de novo desde o incidente na sauna, ele lhe dera muito que pensar e diminuíra sua dor e confusão a respeito de ser adotada. Por nunca ter tido conhecimento do fato até então.
Aqueles momentos preciosos em que era secretamente levada para longe numa limusine, em que encontrava flores anônimas em seu travesseiro, em que beijos eram roubados na despensa da cozinha, tinham sido essenciais para ela enfrentar e processar o conhecimento aterrador de que era adotada. Pensava que encontrara a solução perfeita e até mesmo considerara a possibilidade de se entregar à tentação de sexo descomplicado e sensacional.
O que era impossível agora. Tinha 99 por cento de certeza de que estava grávida. Só pensar na possibilidade quase a fez perder o equilíbrio sobre os saltos altos. Tinha apenas de criar coragem para fazer o teste caseiro de gravidez guardado no fundo de sua bolsa volumosa. E faria. Depois do jogo.
Felizmente os óculos de sol impediam que mostrasse seu medo à multidão sob a enorme tenda branca. O grupo exclusivo de ricos de Nova York com dinheiro antigo, aristocratas e financistas europeus e as realezas das artes e da cultura dos Hamptons, misturados a um casal de celebridades de Hollywood.
E bem ao lado dela estava Brittney Hannon, uma conhecida socialite e filha de um senador.
Vanessa abanou o rosto com o livreto do programa. Os óculos escuros permitiam que olhasse para Nicolas sem ser vista enquanto ele cavalgava pelo campo, o bastão girando no ar.
O pelo de Maximo brilhava como uma moeda recém-cunhada. Nicolas amava aquele cavalo, um misto de Crillo e puro-sangue. Maximo não era o maior dos pôneis, mas era totalmente destemido. Como Nicolas.
Como ele reagiria quando lhe desse a notícia?

Temporada de Prazer

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Temporada de Escândalos



















Capítulo Um

Três semanas atrás, Sabrina Grant se casou com o homem de seus sonhos.
O sheik Adham ben Khaleel ben Haamed Aal Ferjani era um príncipe, literalmente, que a encantara e a cativara desde que o vira pela primeira vez. Era tudo o que uma mulher podia esperar. Amava-o do fundo do coração.
E nunca imaginara que pudesse ser tão infeliz.
Como tinha terminado assim?
Sozinha, descartada? Era a ultima coisa em que poderia pensar quando dissera “aceito”.
Mas, então, não poderia ter imaginado nada do que havia acontecido nas seis semanas que haviam se passado desde que o pai sofrera um ataque cardíaco.
Era final de maio, menos de uma semana depois de ter terminado seus cursos de pós-graduação, e estivera se preparando para voltar para casa, com o diploma de dois mestrados, quando recebera a terrível notícia.
Correra para a cabeceira dele, lutando para controlar sua ansiedade e a dele enquanto recebia todas aquelas visitas em respeito ao pai, Thomas Grant, o multimilionário proprietário de vinhedos e vinicultor.
O estresse quase a devastara, até o melhor amigo do pai chegar para uma visita, acompanhado do homem mais incrível que já vira.
Adham.
Ela se apaixonara à primeira vista. E, para seu atônito encantamento, ele também parecera atraído por ela. O melhor de tudo é que tinha certeza de que seu interesse não tinha relação nenhuma com a fortuna do pai. Além de ser o segundo na linha de sucessão ao trono do fabulosamente rico reino do deserto de Khumayrah, era o dono do maior haras dos Estados Unidos, com uma fortuna que fazia a do pai parecer insignificante.
Adham começara a aparecer todos os dias, e ela a cada vez ficava mais e mais encantada. Fizera-lhe companhia em sua vigília à cabeceira da cama, levara-a para fazer refeições e caminhadas. Sua companhia a animava, e cada toque a inflamava.
Quando lhe implorou que a tomasse, o relacionamento tinha apenas três semanas, mas já o amava completamente.
Então, no dia seguinte, o pai lhe dissera que teria alta e que Adham pedira sua mão em casamento. Ela se sentiu engolfada numa onda de alívio e felicidade. Seu pai ficaria bem, e Adham a amava tanto quanto o amava.
Mas o sonho desvaneceu quando conversou com os médicos do pai. E soube que o liberavam apenas porque ele pedira para morrer em casa. Não havia possibilidade de uma cirurgia de peito aberto ou de transplante de coração, já que todo o sistema estava seriamente comprometido. Tinha apenas alguns dias de vida.
O Sr. Grant e Adham haviam concordado com uma cerimônia de casamento imediata para que o pai pudesse ser testemunha. Ela quisera lhe dar qualquer alegria que pudesse em seus últimos dias, mas partia seu coração saber que ele não viveria para vê-la construir uma família com o homem de seus sonhos.


Série Temporada de Escândalos
1- Temporada de Sedução
2- Temporada de Luxúria
3- Temporada de Desejo
4- Temporada de Prazer
5- Temporada de Amor
6- Temporada de Paixão



Temporada de Desejo

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Temporada de Escândalos








Carmen viaja para o Hamptons desejando espairecer. Mas não terá paz, já que seu ex-marido está determinado a reconquistá-la!






Capítulo Um

Carmen Akins andou pela enorme tenda branca, sorrindo para aqueles que reconhecia como vizinhos e sabendo que muitos tinham conhecimento do fim de seu casamento. E, para tornar as coisas piores, imaginava que o artigo no tabloide da semana anterior devia ter alimentado ainda mais a curiosidade sobre o homem que diziam ser seu amante atual.
Ficariam definitivamente desapontados se soubessem que seu suposto caso com Bruno Casey nada mais era do que um golpe publicitário inventado pelos agentes dos dois.
Seu divórcio do renomado produtor e diretor de Hollywood Matthew Birmingham tinha sido manchete por semanas, especialmente porque eram considerados um dos casais mais felizes de Hollywood, com um belo e longo futuro.
O público seguira seu romance de amor, a cerimônia de casamento e o período em que estiveram casados e haviam se convencido de que era o romance perfeito. Tinha sido um choque quando tudo terminara depois de três anos.
Carmen tivera a esperança de que ela e Matthew pudessem se separar com calma e paz mas, graças à mídia, aquele não tinha sido o caso. Boatos começaram a se espalhar e muitos foram parar na primeira página de diversos tabloides: “Atriz vencedora do Oscar deixa marido por outro homem”, seguido por “Famoso produtor troca esposa vencedora do Oscar pela amante”.
Aquelas eram as mais difundidas, embora não fossem verdadeiras. Sim, tinha sido ela a pedir o divórcio, mas não houvera “outro homem” envolvido.
E a única amante que o ex-marido tivera enquanto estavam casados era seu trabalho.
O primeiro ano de casamento tinha sido tudo com o que sonhara. Estavam loucamente apaixonados e não conseguiam ficar um minuto longe um do outro. Mas no segundo ano as coisas começaram a mudar. A carreira de Matthew se tornou mais importante do que o relacionamento.
Ela havia tentado conversar com ele, mas não tivera sorte. E, para manter seu casamento sólido, até mesmo recusara participar de dois filmes de grande prestígio para passar tempo com ele. Mas não adiantara.
O fim chegara depois que filmara Honra. Embora Matthew tivesse ido à França algumas vezes para vê-la durante a filmagem, quisera mais tempo particular com ele, sem a interrupção constante do pessoal do set.
Quando a gravação terminara, ela havia organizado suas agendas para passarem um tempo juntos em Barcelona, numa mansão isolada. Era lá que pretendia lhe contar que seria pai. Estivera tão feliz com a perspectiva de ter um filho que mal podia esperar sua chegada. Mas ele nunca chegou.

Série Temporada de Escândalos
1- Temporada de Sedução
2- Temporada de Luxúria
3- Temporada de Desejo

Temporada de Luxúria

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Temporada de Escândalos








Quando Richard Wells viu Catherine, jurou que a levaria para a cama. Ele queria algo casual, mas ela roubaria seu coração.








Capítulo Um

Sebastian tinha toda a razão. Ele precisava mesmo arrumar uma namorada.
Richard Wells mudou sua posição na cama, aliviando a pressão sobre seu, digamos, desconforto matinal, que trazia a dolorosa lembrança de seu novo status permanente de solteiro. Era curioso como aquilo não tinha sido um problema durante todo o ano que levara para formalizar o divórcio. Agora que seu coração e sua mente estavam livres, o resto do seu corpo havia decidido seguir o exemplo.
O canto dos pássaros penetrou sua mente ainda enevoada pelo sono. O som era uma mudança bem-vinda do ruído abafado do trânsito e das sirenes que ele normalmente ouvia através das janelas duplas, lembrando-lhe de sua localização atual e do fato de que aquelas eram suas primeiras férias em muito tempo.
Deixou-se ficar ali por um momento, apreciando a sensação da sua pele nua roçando os finos lençóis de algodão egípcio da casa de hóspedes do Haras Seven Oaks. Era uma sensação que não experimentava há tempo demais.
Empurrou as cobertas para o lado. Férias ou não, não queria ficar nem mais um minuto na cama. Richard sempre se levantava cedo. Sorriu com tal pensamento enquanto caminhava em direção ao banheiro. Seria um sacrilégio perder um segundo sequer da linda manhã de julho que brilhava através das cortinas. Seb tinha insistido por meses para que tirasse algum tempo de folga para descansar e relaxar. A excitação do polo, os cavalos e um bando de gente bonita querendo se divertir eram exatamente o remédio de que precisava.
Divorciar-se de Daniella o deixara mais desgastado do que queria admitir, física e emocionalmente. Ainda doía que tivesse se deixado levar por um rosto bonito e um corpo ainda mais bonito. Como é que não tinha visto, por trás da fachada, a criatura mesquinha que ali se escondia?

Temporada de Sedução

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Temporada de Escândalos






Sebastian Hughes precisa impedir que sua eficiente secretária o abandone. E fará de tudo para que ela fique ao seu lado… como amante!

Durante os três meses do verão, o gramado próximo à Hayground Road servirá de palco para a alta sociedade dos Hamptons. E a principal atração serão os charmosos e atléticos jogadores de polo! 

Apresentando uma tentadora combinação de cavalos de raça e a nata das celebridades, o Bridgehampton Polo Club presenciará muitas cenas de luxúria, romance e escândalos!

Capítulo Um

Julia Fitzgerald deu uma olhada para o relógio Cartier incrustado de diamantes no seu pulso e depois voltou a olhar para o bloco de notas. Seu patrão estaria ali em precisamente trinta segundos. Sebastian Hughes era pontual. Ele havia dito mais de uma vez que tempo era dinheiro, e, mesmo que tivesse mais dinheiro do que Midas, não gostava de desperdiçá-lo.
O Cartier era uma lembrança permanente do motivo pelo qual Julia evitava festas familiares e noitadas com amigas. Do motivo pelo qual ela aturava um patrão tão exigente. Sebastian lhe pagava muito bem para ser seu braço direito.
O Haras Seven Oaks era uma esplêndida propriedade, com vastos cercados para cavalos e celeiros espalhados. Agora estava calmo, mas a partir daquela noite se transformaria no epicentro da alta sociedade, para a temporada de polo.
— Julia, acompanhe-me — disse Sebastian, aproximando-se dela. — Preciso ir até as estrebarias para ver como estão os cavalos.
Ela concordou. Usava um par de sapatos marrons com confortáveis saltos quadrados, ideais para caminhar pelos campos. Sabia que Sebastian iria querer fazê-lo, já que faltavam só dois dias para a abertura da temporada de polo daquele ano. E os Hughes eram os fundadores do Bridgehampton Polo Club. O clube de polo era, na verdade, um clube que funcionava dentro do haras. A família de Sebastian era proprietária do haras, com suas duas amplas casas e um pequeno prédio que o sheik tinha alugado por toda a temporada para seus cavalariços. Ela e Seb usavam o escritório da casa como base de operações.
— Este é o lugar onde quero montar os toldos. Bobby Flay virá para mais um de seus desafios a Marc Ambrose, nosso chef. Isso vai gerar alguma publicidade para a abertura. Por favor, garanta que tudo esteja em seus devidos lugares.
— Sem problemas — disse Julia, ajeitando uma mecha dos cabelos castanhos longos por trás da orelha.
Sebastian estancou e inspecionou o terreno.
Ele era alto e esguio, e uma sombra de barba começava a aparecer no seu maxilar. Seu cabelo espesso estava elegantemente despenteado, dando a ideia de que acabara de sair dos braços da sua última amante.
— Isso é algo de que gosto em você, Jules.
— O quê? O fato de que eu nunca digo “não”?

Série Temporada de Escândalos
1- Temporada de Sedução
2- Temporada de Luxúria
3- Temporada de Desejo
4- Temporada de Prazer
5- Temporada de Amor
6- Temporada de Paixão
Série Concluída

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Engano Perigoso

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Os Bad Boys Bilionários  





Quando Dani Swift coloca seu uniforme de motorista com o cabelo enfiado embaixo do seu chapéu e com o rosto sem maquiagem, ela se parece com um jovem barbeado. 

Como poderia ter sabido que o seu pequeno disfarce a levaria a um grande mal-entendido e a uma decepção ainda maior, uma que ameaçaria o seu coração?
Storm Hunter adora motocicletas e carros velozes, mas agora ele tem que adicionar mais um item à sua lista - Dani Swift. 

Ousada e independente, ela não é como qualquer mulher que ele já conheceu. Mas quando o pequeno jogo deles termina em desastre é quando ele percebe que o amor pode ser muito perigoso.


Série Os Bad Boys Bilionários
1- Domada pelo Bilionário
2- Empregada Doméstica nos Estados Unidos
3- A Noiva da Ilha do Bilionário
4- Engano Perigoso

Armadilha de Sedução

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Barões da Paixão





Seduzindo a inimiga...

O prefeito Seth Jacobs sonha em trazer avanços à cidade que tanto ama. E não irá permitir que ninguém fique em seu caminho, nem mesmo Darby Carroll. Ela quer paz e sossego perto da casa de repouso que administra, e isso interfere nos planos de expansão ferroviária de Seth. Ele precisará usar todo o seu charme para persuadi-la. 
Mas quando Darby também entra no jogo de sedução, ele logo percebe que cometera o erro de subestimar sua oponente...

Capítulo Um

Ele não se parecia muito com um prefeito, especialmente no iluminado pátio do rancho, de jeans e chapéu, seus olhos escuros, queixo quadrado e nariz reto em um rosto fortemente bronzeado. Àquela distância, Seth Jacobs era um cowboy, um dos mais rústicos e poderosos de Lyndon Valley.
Bebendo sua água tônica com vodca em um copo descartável, Darby Carroll estava na porta do recém-construído celeiro dos Davelyn. A dez metros dali, Seth estava num grupo de cowboys, conversando em torno de uma fogueira, passando entre eles uma garrafa de uísque.
Eram quase dez da noite, e o céu de setembro estava estrelado, o som do baile abafado atrás dela. O ar estava quente, e o rio Lyndon rugia levemente no sopé da colina. Grande parte dos moradores da área tinha aparecido para o evento. A comunidade era muito próspera em Lyndon.
A família era tudo para eles. E isso só aumentava o poder e o prestígio de Seth. Embora os Jacobs tivessem chegado ali muitas gerações antes, Darby era uma novata, tendo assumido o comando da propriedade de sua tia-avó apenas três anos antes. Havia pessoas que achavam que ela não tinha o direito de defender sua opinião, muitas das quais consideravam que a velha guarda devia permanecer no comando para sempre.
Darby pensou se um apelo pessoal a ele poderia ajudá-la. Ela tinha tanto a dizer a Seth, tantos argumentos a apresentar...


Estrela do Verão

ROMANCE CONTEMPORÂNEO


Romântica e ingênua, Celine foi presa fácil para Nicky.

Apaixonou-se pelo simpático rapaz e já fazia planos para o futuro quando soube da terrível verdade: ele era casado! Amargurada, Celine não sabia como refazer-se da decepção. E resolveu aceitar a ajuda de Oliver, primo de Nicky, que a convidou para trabalhar em sua clínica. O que Celine não imaginava é que iria se apaixonar perdidamente por ele! 

Não querendo sofrer de novo, tentou reprimir o amor que teimava em crescer dentro de seu coração. Mas Oliver era atraente demais e ela não sabia até quando conseguiria resistir. Foi aí que as coisas tomaram um rumo inesperado...

Capítulo Um



O sol brilhante de maio anunciava a primavera e punha uma grande luminosidade no ar, incidindo sobre a casa de tijolos aparentes e o pátio de lajotas. Revelava igualmente em todo seu esplendor as roseiras em botão, bem como o grande e descuidado jardim que as rodeava. Aquecia também a garota que se balançava preguiçosamente, sentada debaixo de uma grande árvore frondosa, na extremidade do gramado.
Ela era alta, possuía um corpo esplêndido e um belo rosto, emoldurado por cabelos negros e ondulados. Sua pele muito alva começava a ficar queimada, devido ao sol de primavera. Usava elegante calça comprida, embora surrada, e uma blusa de seda, com as mangas enroladas acima dos cotovelos. Estava visivelmente preocupada e não prestava atenção à bela paisagem que a rodeava.
— É preciso fazer alguma coisa. — disse em voz alta, e o cão policial deitado a seus pés empinou as orelhas, olhando em sua direção.
Celine afastou os cabelos do rosto e olhou à sua volta, constatando mais uma vez que o gramado precisava ser urgentemente aparado. Suspirou e sua atenção voltou-se para a casa, mais encantadora do que nunca sob a luz do sol. Era uma pequena joia arquitetônica do século XVIII e um encanto para os olhos, mas fonte constante de preocupação para aqueles que nela viviam.
Com efeito, estava cheia de goteiras, milhares de bichinhos devoravam as madeiras, a cozinha era por demais velha e desconfortável e ainda por cima a umidade invadia todos os cantos. Uma boa reforma daria conta de todos aqueles problemas, mas faltava dinheiro. 

Doce Lembrança de um Amor

ROMANCE CONTEMPORÂNEO






Uma onda os cobriu, mas eles continuaram juntos, abraçados, as mãos se procurando, se descobrindo sob a mágica luz do anoitecer em Bainbridge Island. 

Katherine acariciou os cabelos molhados de Luke e trouxe a cabeça dele para junto de seus seios. Estremeceu com o roçar daqueles lábios quentes, enlouquecendo de desejo com o tenso pulsar do corpo dele contra o seu. 
Luke a beijou ferozmente para depois sentir o gosto salgado da pele de Katherine, fazendo-a mergulhar nas profundezas do prazer. Foram momentos de loucura que agora não passavam de lembranças. Agora, Katherine estava no escritório, atordoada, Luke, à sua frente, sequer a reconheceu ao cumprimentá-la com frieza profissional. Era o patrão, ela a empregada. O primeiro amor, uma mentira...

Capítulo Um

Katherine se aproximava da entrada do edifício Cascade e já sentia remorsos por não ter colocado uma roupa mais leve. Aquele era um dos dias ensolarados de junho, raros em Seattle. Depois de meses de tempo ruim e céu nublado o sol havia surgido outra vez.
Ela havia ficado em frente ao espelho, sem conseguir decidir o que usar. O tempo era tão imprevisível naquela cidade... Por um momento chegou a pensar em deixar os cabelos soltos em vez de prendê-los num coque, como de hábito. A volta do sol parecia pedir uma celebração.
Contudo um instante depois seu espírito parecia se entristecer outra vez, fazendo sumir o brilho em seus olhos. Ela tremeu um pouco ao observar as formas esguias refletidas no espelho. Fechou os olhos com força e tentou afastar a onda de depressão que mais uma vez se aproximava. Sem pensar duas vezes, vestiu uma das habituais roupas discretas e de cor neutra. "É isso que ganho por me entusiasmar demais somente porque o sol tornou a brilhar", pensou.
Enquanto caminhava pela calçada, Katherine tentava entender por que se sentia daquela maneira. Tinha vinte e seis anos e talvez fosse a única virgem em toda a cidade de Seattle. Ou no mundo inteiro, quem sabe...

Á Beira da Eternidade

ROMANCE CONTEMPORÂNEO




Lar doce lar!

River Glen era o lugar perfeito para Dana Brantley recomeçar a vida após ter enfrentado anos turbulentos. 

Pequena e pacata, a cidade na costa do Potomac era como um pedaço do paraíso. Entretanto, seus novos vizinhos tinham outros planos para Dana. Afinal, ela parecia ser a mulher ideal para Nicholas Verone, o solteiro mais cobiçado do local! 
Até mesmo Nick e seu filho de dez anos concordavam com essa opinião… Intrigado pelo ar misterioso de Dana, ele não desistiria até encontrar um caminho para o coração dela. Entretanto, Nick apenas descobre uma alma frágil e ferida… Agora, o único meio de convencer Dana a permanecer em River Glen é usando seu charme e a promessa de que ao seu lado ela terá o lar que há muito deseja…

Capítulo Um

O arbusto de lilases parecia prestes a engolir os degraus da frente da casa. Os galhos indomáveis pendiam carregados com frágeis flores roxas banhadas pelo orvalho, que perfumavam a fria manhã de sábado com um glorioso aroma adocicado.
Dana Brantley, com uma tesoura de jardim de aparência letal nas mãos enluvadas, estudou os galhos crescidos com desânimo. Em algum lugar por trás do arbusto havia uma pequena varanda protegida com tela contra insetos. Com uma poda estratégica, poderia sentar-se lá e contemplar as nuvens carregadas descerem sobre o rio Potomac. Apreciar os primeiros raios de sol da manhã refletirem nas águas serenas. Essas possibilidades figuraram entre as principais atrações da casa, ao vê-la pela primeira vez, algumas semanas atrás. Deus sabia que o lugar não possuía muitos outros atrativos evidentes.
Na verdade, se encontrava em péssimo estado de conservação. O piso de madeira da varanda exibia um acentuado desgaste pelas centenas de pés descalços e sujos de areia que ali pisaram ao longo do tempo. O quintal estava repleto de ervas daninhas, que chegavam a atingir a altura das poucas estacas remanescentes na cerca. A tinta amarela nas paredes da casa estavam descascando e as venezianas das janelas inclinavam-se de forma precária. O ar no interior dos quatro cômodos, desarrumados, cheirava a mofo devido aos anos de desuso. O fogão era uma relíquia de outra época distante. A porta da geladeira pendia, presa apenas por uma dobradiça enferrujada, e o encanamento estalava e gemia como um velho ranzinza.


Esposa Perdida

ROMANCE CONTEMPORÂNEO

Era bom saber que ele ainda conseguia reacender a paixão em sua ex-esposa!

Ailsa sentiu o coração batendo forte. Além de despreparada para reencontrar Jake Larsen, olhar o rosto inesquecível de seu ex-marido seria difícil — e impactante. A cicatriz que agora marcava a face dele parecia acentuar sua beleza. Por outro lado, também lembrava o motivo que os separou. Jake achava que o doloroso reencontro seria rápido, mas uma nevasca atrapalhou seus planos. 

A cada minuto ao lado de Ailsa, Jake ficava mais decidido a tê-la de novo em seus braços... e em sua cama.

Capítulo Um

Ao ouvir o ruído abafado do carro que se aproximava, Ailsa correu até a janela e viu o SUV do ex-marido parar diante do chalé. O carro estava coberto por diversas camadas de neve, e os flocos cristalinos não paravam de cair do céu como se fossem espalhados por alguma peneira divina.
O belo espetáculo durara o dia inteiro. Ailsa teria sucumbido à sua magia se não estivesse tão preocupada com a segurança da filha, que Jake deveria mandar de volta para casa. Morar em uma zona rural idílica da Inglaterra tinha suas vantagens, mas, quando o inverno castigava as estradas, elas se tornavam traiçoeiras.
Ela abriu a porta e esperou que o motorista percorresse o caminho coberto de neve que levava à sua casa.
Geralmente, era Alain, o motorista francês magrinho e uniformizado, quem trazia Saskia de volta de Londres, depois das visitas quinzenais que ela fazia ao pai, ou do aeroporto, quando ela voltava de Copenhagen, onde Jake morava. Mas, quando Ailsa viu os brilhantes olhos azuis que a fitavam através dos flocos de neve, sentiu o coração fraquejar.
— Olá — disse ele.


Instinto Natural

ROMANCE CONTEMPORÂNEO







Desafiados pelo destino... Salvos pelo amor!

Daniel Riverton é lindo... e um solteiro convicto! Para ele, só uma coisa é mais assustadora do que se comprometer com alguém: crianças! Por isso, quando sua vizinha Trixie Marsh pede ajuda para cuidar das sobrinhas, seu instinto é fugir. 

Mas, para a surpresa de todos, ele se mostrou ótimo com as meninas e, sem perceber, estava roubando o coração de Trixie. 
Seria Daniel justamente o que ela precisava?

Capítulo Um

O som contínuo dos passinhos no chão.
Daniel Riverton estava deitado no sofá contemplando o ruído dos passos com um completo desgosto. Ele sempre tinha ouvido essa expressão dita com afeição, normalmente pela sua mãe, que parecia manter a esperança, apesar de toda a evidência contrária — e a considerável contribuição para o seu ceticismo sobre romance — de que ele iria supri-la com netos algum dia.
Sua mãe. Vinte e duas mensagens de texto nesse dia. Quem a havia ensinado a mandar SMS?
Urgente. Por favor, me ligue. Está me evitando?

Ao menos o som dos passinhos o distraía. Mas obviamente aquela expressão nunca seria usada com afeição por alguém que havia tentado viver debaixo do apartamento 602 do Harrington Place pelos últimos quatro dias.
A proprietária disse que as crianças tinham acordado no mesmo instante em que ele acabara de chegar em casa depois de um dia longo, produtivo e maravilhosamente desafiador por ter evitado as ligações da mãe e cuidado dos negócios na empresa River Edge Enterprises. Nesse dia, ele tinha trabalhado 14 horas, tivera um jantar leve com os amigos e viera para casa apenas desejando o mais simples dos prazeres: uma boa noite de sono.
Às duas da manhã ele havia saído do quarto depois de ter se tornado evidente que os pequenos monstros do andar de cima estavam pulando em uma cama localizada em algum lugar acima de sua cabeça.
Entretanto o som de passinhos o seguira. Pela última hora, eles estiveram soando em círculos acima de sua nova localização no sofá.
A síndica do condomínio, Sra. Bulittle, tinha sido insensível às suas queixas.
— Sim, Sr. Riverton, é um edifício apenas de adultos, mas as pessoas podem ter visitas de crianças.


Princesa Selvagem

ROMANCE CONTEMPORÂNEO


Um príncipe regente... uma princesa relutante.


Raul, o príncipe de Maritz, não aceita ser subjugado a uma lei arcaica que o obriga a casar. Entretanto, escândalos e distúrbios se tornaram rotina em sua vida. Somente a união com a princesa Luisa Hardwicke trará estabilidade à monarquia. Mas Luisa é uma mulher franca, criada em fazenda, bem longe dos luxos da realeza. Ela não tem medo de se sujar para concluir suas tarefas e nem de expor o que pensa.
Transformada em uma dama da corte à força, Luisa desafiará o príncipe a todo o momento... e fará Raul desejar cada vez mais a noite de núpcias com sua rainha.


Capítulo Um

Raul olhava, sem ver nada, para o lado de fora do helicóptero que saíra de Sidney e seguia a costa sul. Não deveria estar ali, quando a situação em casa estava tão delicada. Mas não possuía escolha. Que confusão!
Suas mãos se fecharam em punhos, enquanto ele movimentava as pernas, agitadamente. O destino de sua nação e o bem-estar de seus súditos estavam em risco. Sua coroação, seu direito a herdar o reinado para o qual ele tinha nascido e devotado sua vida, era incerta. Mesmo agora, ele mal podia acreditar nisso.
Desesperadamente, os advogados haviam procurado um caminho legal após outro, mas as leis de herança não podiam ser mudadas, não até que ele se tornasse rei. E para se tornar rei... A alternativa era ir embora e deixar seu país vítima das rivalidades que tinham se tornado perigosas sob o último rei, o pai de Raul. Uma guerra civil quase dividira o país, duas gerações atrás. Raul precisava proteger seu povo disso, independentemente do custo pessoal.
Seu povo, sua necessidade de trabalhar por eles, o fizera superar o mar de desilusões, quando seu mundo se tornara amargo, anos atrás. Quando paparazzi fizeram escândalo e insinuações, e seus sonhos haviam desmoronado ao seu redor, o povo de Maritz o apoiara. Raul deveria apoiá-los agora, quando eles mais precisavam dele. Ademais, a coroa era sua. Não apenas por direito de primogenitura, mas também por cada dia, cada hora que ele devotara às responsabilidades da realeza. Ele não renunciaria à sua herança. Ao seu destino.


Coração Domado

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
Série Barões da Paixão



Ele buscava diversão, mas encontrou o amor.

Travis Jacobs não tinha intenção nenhuma de se casar, mesmo com toda a pressão de sua família. Ele apenas queria se divertir. Mas não esperava encontrar Danielle Marin, a bela advogada que um dia ignorou suas investidas. Danielle sabia que ao se envolver com um conquistador como Travis, terminaria com o coração partido. Então, por que não conseguia tirá-lo da cabeça? 
Quando todos os caminhos a levam para o Colorado, mais precisamente para Travis, se torna inútil resistir à tentação. Será que Danielle conseguirá laçar esse cowboy arredio?

Capítulo Um

Travis Jacobs faria tudo para aguentar oito segundos. Ao menos era o que ele dizia a si mesmo toda vez que se preparava para montar num touro. O público daquela noite em Vegas estava empolgado.
Ele baixou seu chapéu de cowboy, pôs uma surrada luva de couro na mão direita e inspirou fundo. Sem perder tempo, ele montou no touro e fez um ríspido movimento positivo para o operador do portão.
No instante em que o portão abriu, as quatro patas de Esquire abandonaram imediatamente o chão. O touro disparou para a arena sob os fortes holofotes. A multidão rugiu de animação quando o animal preto girou para a esquerda, dando um alto coice. Travis se curvou para trás, um dos braços erguido, os músculos contraídos, lutando com toda a sua força para se manter no centro do dorso do touro.
Esquire virou para a direita, contorcendo-se debaixo de Travis, tentando jogá-lo para longe. Três segundos se tornaram quatro. A mão de Travis ardia segurando a corda, seu pulso parecia prestes a se deslocar. Ele se sentia completamente vivo. Durante aquele breve espaço de tempo, a vida se reduzia à sua essência. Nada importava, a não ser a batalha entre Travis e o touro.
O animal fez uma abrupta curva à esquerda, quase desalojando Travis, mas ele se manteve firme. Seu chapéu caiu ao chão.
A buzina soou um instante antes de Esquire dar seu último salto, lançando Travis pelo ar. Travis girou no ar, evitando cair de cabeça no chão. Seu ombro atingiu o solo primeiro, as costas amortecendo o grosso do impacto.
Quando o ar abandonou seus pulmões, um rosto na multidão dançou perante seus olhos.

Enfeitiçada pelo Desejo

ROMANCE CONTEMPORÂNEO






"Você venceu, Alessandro!"

Chase Evans batalhou muito para superar os erros que cometeu no passado, mas o bilionário Alessandro Moretti não irá perdoá-la tão facilmente. 

Anos após o breve caso de amor, eles se enfrentarão em uma batalha judicial. E nesse jogo é Alessandro quem dá as cartas. Ele quer resolver a questão fora dos tribunais — e entre os lençóis. 
Mas a fachada fria do poderoso bilionário desmorona ao perceber que está apaixonado pela mulher que o feriu. Será que esse romance sobreviverá aos segredos de Chase?

Capítulo Um

Chase Evans afastou a pasta que estava em sua frente e olhou para o relógio. Pela quarta vez. Agora já fazia 25 minutos que esperava naquela sala de conferência. Como advogada, sabia do que se tratava. Na verdade, mesmo que não o fosse, saberia. Era questão de intimidação. Intimidação de uma empresa destruidora determinada a conseguir o que queria.
Levantou-se, alongou os músculos e dirigiu-se às janelas de vidro, que iam do chão ao teto, e davam vista às ruas apinhadas da cidade.
Nessa época do ano, Londres ficava repleta de turistas. Lá de cima, pareciam apenas bonequinhos, mas sabia que, se descesse, juntaria-se a estrangeiros de todas as partes do mundo. Não havia como fugir deles. Não havia como fugir do barulho, das multidões e do alvoroço, embora ali, nos arredores opulentos da AM Holdings, fosse natural pensar estar a quilômetros de distância daquilo tudo. Era um silêncio mortal.
Mais uma tática de intimidação, pensou cinicamente. Já tinha visto muita coisa nos últimos anos desde que começara a advogar, mas os absurdos dessa empresa eram difíceis de superar.
Lembrou-se da primeira reunião, quando acharam que seria fácil comprar o abrigo para mulheres. Para essa primeira reunião, mandaram o advogado júnior, Tom Barry, que se enredou em complicações logísticas com as quais era evidentemente incapaz de lidar.
Para a segunda, enviaram dois homens mais experientes. Alex Cole e Bruce Robins foram preparados, mas ela também havia sido. De todos os casos pro bono aos quais se dedicava, o abrigo para mulheres era o mais importante. Se haviam se preparado para derrubá-la, então ela também subiria o nível, apresentando acordos e precursores obscuros que os mandariam embora confusos e prometendo voltar.
Chase não tinha dúvida de que voltariam. O abrigo, ou Lar da Beth, como era apelidado, ficava em um terreno privilegiado no oeste de Londres, um terreno que, caso se desenvolvesse, poderia gerar muitos lucros para qualquer especulador minimamente sagaz. Ela soube, por meio de contatos e meios secretos, que o grupo AM estava interessado em explorar a área. Uma transformação ambiciosa — de um abrigo para mulheres em um shopping de grife, exclusivo para ricos e famosos.
Bem, só por cima do seu cadáver.